fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar
fix bar

Nitrogênio

image

Nitrgênio
VSA, PSA E MEMBRANA

Nos primórdios do Universo só existiam o hidrogênio e o hélio.
No calor gerado pela explosão das primeiras estrelas há bilhões de anos produziu-se e espalhou-se outros elementos necessários à vida como carbono, nitrogênio e oxigênio, ferro, fósforo... Assim o Nitrogênio de nossa atmosfera foi forjado a bilhões de anos: “No coração de estrelas explodindo, ainda no inicio dos tempos.”

Foi descoberto em 1772 por Daniel Rutheford na Escócia. Chegou à Terra transportado por cometas e outros corpos celestes, onde sua concentração variou de 0% a 98%% ao longo dos tempos, estabilizando-se nos atuais 78%.

Esse, é um elemento tão inerte que foi denominado “azoto” (sem vida).

Em fins do século 19 Karl Linde desenvolveu o liquefator de gases como NITROGÊNIO, OXIGÊNIO e outros, para a produção em larga escala, difundindo o consumo no mundo.

Utiliza-se o nitrogênio para inertizações em geral.

O início da utilização das Usinas concentradoras de nitrogênio foi uma consequencia do uso das usinas de oxigênio pelo na 2ª Guerra Mundial pelo exército americano, aointroduzir o sistema PSA para produção de oxigênio em baixos volumes no local de uso afim de escaparem da difícil logística que o uso de cilindros impunha.

Essa foi a “semente” das atuais instalações de Usinas de Nitrogênio e dos sistemas enchedores de cilindros “on site” no mundo.

Hoje as Usinas de Nitrogênio PSA fabricadas no país atendem todas as normas nacionais e internacionais com seu consumo energético e pureza de até 99,999% diferenciados pelos sistemas utilizados VSA ou PSA.

Existem ainda concentradores de Nitrogênio que utilizam “fibra oca” para a separação do ar em nitrogênio e oxigênio, com purezas até 99,5.

Esses concentradores de Nitrogênio substituem com vantagens econômicas e logísticas o Nitrogênio Líquido ainda hoje utilizados no país, apesar de seu alto custo.

Grandes volumes podem ser contratados sem maiores problemas. Basta haver energia elétrica suficiente à demanda do Concentrador.

Sobre as vantagens das usinas concentradoras sobre N2OX/cilindros Da Concentração:

1 – O N2 pode ser produzido entre 90% e 99.99%, bastando um aumento de carga elétrica.

2 – Os concentradores de Nitrogênio atendem todas as normas nacionais e internacionais.

3 – Sem risco de adquirir-se N2 fora do especificado é zero com a utilização de Usinas. O N2 em cilindros pode conter ar comprimido injetado por terceiros e contaminantes.

4 –Permite a recarga de cilindros com grande economia e qualidade para uso remoto.

5 – Usinas são utilizadas a mais de 70 anos no mundo e a mais de 30 anos no Brasil.

6 – Usinas ocupam 20 a 30% da área necessária a tanques e seu perímetro de segurança.

7 – Os custos energéticos de produção de N2 via Usina são equivalentes ou inferiores à perda evaporativa natural e em recargas/alivio do tanque de N2LOX (20 a 25%).

8 – Hoje, usinas utilizam telemetria que informa em tempo real qualquer desvio na produção acionando o back-up e sua manutenção, com possível reparo “on line”.